http://www.fides.org

News

2013-03-25

ÁFRICA/ RD CONGO - Um grupo separatista semeia terror em Lubumbashi

Kinshasa (Agência Fides) – Centenas de homens armados espalharam terror em Lubumbashi, capital de Katanga, sul da República Democrática do Congo, antes de depor as armas na base local da MONUSCO (Missão da ONU na RDC).
Segundo informa a imprensa congolesa, no dia 23 de março, cerca de 245 pessoas, incluindo mulheres e crianças, irromperam no centro da cidade, dando início a um tiroteio de três horas com as forças de segurança. O balanço, ainda provisório, é de trinta mortos e muitos feridos dentre os atacantes, enquanto ainda não se conhece o número das vítimas dentre os militares e os civis.
Os milicianos, que se renderam aos Capacetes Azuis da MONUSCO, declararam pertencer à milícia Kata Katanga, que pede a independência da província do resto do país.
Esta milícia cometeu vários atentados na área, dentre os quais dois ataques (em fevereiro de 2011 e agosto 2012) no aeroporto de Lubumbashi. O grupo seria responsável pela morte de 65 pessoas em Mwemena, no território de Kasenga (250 km de Lubumbashi), mortas de janeiro a fevereiro deste ano.
Katanga foi protagonista de algumas tentativas de separação promovidas por interesses ocidentais, após a independência do então Congo belga em 1960.
Recentemente, outro grupo, liderado por Kyungu Mutanga Gédeon, semeou morte e terror nos territórios de Mitwaba, Pweto e Manono entre 2004 e 2006, antes de sua prisão. Em setembro de 2011 Gédeon fugiu da penitenciária de Lubumbashi, onde estava detido. O líder guerrilheiro está ainda livre e reorganizou seu grupo. A população se questiona sobre como isto pode ocorrer. (L.M.) (Agência Fides 25/3/2013)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network