http://www.fides.org

News

2013-03-18

AMÉRICA/COLÔMBIA - “Por que não podemos conviver em paz?” pergunta-se o Arcebispo de Medellin

Medellin (Agência Fides) – Às vésperas de um fim de semana violento, quando 31 pessoas foram mortas, o Arcebispo de Medellin, Dom Ricardo Antonio Tobon Restrepo, expressou sua preocupação com a violência que aflige a cidade.
Em carta dirigida à cidade, o Arcebispo apresenta 15 perguntas sobre a situação local, precedidas pela seguinte premissa: “fala-se da cidade de Medellín como a cidade mais culta da Colômbia, um modelo de cidade inovadora. Tudo isso deve ser verdade, se todo mundo o repete. Alegramo-nos pelas coisas boas de Medellín, mas sabemos também que nossa região é a mais violenta do país, os anos passam e não conseguimos conviver de modo pacífico, porque todos os dias há homicídios em nossos bairros”.
Portanto, perguntamo-nos: por que se continua a falar de micro tráfico (de droga) quando se trata de um negócio de mais de dois bilhões de pesos por ano? Como é possível encomendar um assassinato por tão pouco? Por que enquanto as infra-estruturas melhoram, a pobreza não se reduz? Por que a mídia não publica exatamente a situação de violência que existe na região metropolitana?”
“Estamos vivendo um agravamento da violência que gera terror, miséria e morte. Não devemos adiar o momento de agir com um amplo plano a longo prazo, porque a isto podemos responder, mas somente juntos”.
(CE) (Agência Fides, 18/03/2013)
.

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network