http://www.fides.org

News

2013-03-08

ÁSIA/INDONÉSIA - Grupos islâmicos radicais: deter as igrejas em Java Ocidental

Jacarta (Agência Fides) - A comunidade cristã protestante "Banua Niha Keriso Protestan" na cidade de Bandung (província de Java Ocidental) recebeu ameaças e ordens para deter as assembleias de culto. Um líder do bairro, à frente de um grande grupo de muçulmanos, ordenou aos fiéis cristãos de removerem todas as imagens cristãs e deixar o prédio em que eles se reúnem para rezar. Conforme relatado à Fides pela “Indonesian Committee of Religions for Peace” (ICRP), após a recusa dos líderes da comunidade, os muçulmanos prometeram voltar com uma multidão de militantes para desalojar os cristãos com a força. Segundo Theophilus Bela, presidente de “Jakarta Forum of Christian Communication” (FKKJ), é possível que os fiéis muçulmanos sejam incitados a fazê-lo depois das orações muçulmanas de sexta-feira.
Fontes de Fides salientam que esta é a última de uma série de ações anticristãs que ocorreram depois que nos dias passados na província de Java Ocidental foi reeleito como governador o islâmico Ahmad Heryawan, do Prosperous Justice Party (PKS). Ahmad é promotor de um islamismo intolerante para com as minorias religiosas. O dia antes das eleições prometeu aos radicais (Frente de Defensores do Islã, FPI) de "libertar" a província das comunidades ahmadis, consideradas "seitas heréticas" pelos muçulmanos sunitas.
Nota-se que o governador foi reeleito, mas com uma margem mais estreita (cerca de 30% em relação ao 40% dos votos, obtidos cinco anos atrás). Nos últimos anos, em Java Ocidental, uma região fortemente industrializada, perto da capital Jacarta, houve violentos ataques contra as igrejas cristãs e grupos ahmadis.
Segundo um estudo recente de "Wahid Institute", organização muçulmana que promove o pluralismo, a intolerância religiosa continua sendo um problema grave na Indonésia. O estudo cita 274 casos de intolerância religiosa ocorridos em 2012, e a província de Java Ocidental é a que tem maior número de casos, 43. Em dois episódios alarmantes, contra as comunidades cristãs “Yasmin Church” de Bogor e “Philadelphia Church” de Bekasi (ambos em Java Ocidental) foi negado o direito de construir um templo. (PA) (Agência Fides 8/3/2013)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network