http://www.fides.org

Asia

2013-02-16

ÁSIA/LAOS - Dois cônjuges expulsos de um vilarejo porque se converteram ao Cristianismo

Vientiane (Agência Fides) – Para Sakien, 52, e para sua esposa Dong não há mais lugar no vilarejo de Chumpoy, na província de Attapeu, extremo sul de Laos. Com ordem oficial do chefe do vilarejo, os dois foram expulsos de sua casa e do local onde nasceram e cresceram. A culpa: terem se convertido ao Cristianismo. Segundo referem fontes locais de Fides, os dois cônjuges, num momento de doença, se aproximaram da fé cristã e depois a acolheram. A conversão deles à “religião estrangeira” foi motivo suficiente para desarraigá-los de seu ambiente e afastá-los. Atualmente, os dois buscaram refúgio no vilarejo vizinho de Intee, hóspedes provisoriamente da pequena comunidade cristã local num edifício em construção. Sakien ainda está muito doente e necessita de tratamentos médicos. Os dois conheceram a fé cristã graças ao testemunho de outro casal de cônjuges do vilarejo de Intee, que compartilharam com eles a experiência de fé, contando ter recebido “cura e grandes graças do Senhor". Convertidos, Sakien e a esposa foram expulsos, porque "o vilarejo de Chumpoy não acolhe seguidores da fé cristã", segundo os costumes locais.
Numa nota enviada a Fides, a Ong "Human Rights Watch for Lao Religious Freedom" afirma que este ato é completamente ilícito e ilegal, pois nega a dois cidadãos laotianos de exercitarem o direito de abraçar a fé cristã. A Ong pede a intervenção das autoridades governamentais para permitir aos dois de voltar para sua casa, no vilarejo de Chumpoy, e para tutelar seu direito de escolher livremente um credo religioso, como garantido pela Constituição de Laos. (PA) (Agência Fides 16/2/2013)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network