VATICANO - Pauline Jaricot, fidelidade a Cristo e visão previdente de compromisso com a evangelização

Quinta, 10 Janeiro 2013

Roma (Agência Fides) - "Se Francisco Xavier foi um missionário entusiasta da evangelização, a Jaricot foi aquela que viu no apoio da evangelização "um dever fundamental do Povo de Deus", que chamou para a participação espiritual e material": são as palavras do Prefeito da Congregação para a Evangelização dos Povos, Cardeal Fernando Filoni, durante a homilia da Missa presidida em 9 de janeiro, na Igreja da Trinità dei Monti, em Roma, na conclusão das celebrações pelo 150º aniversário de morte da Venerável Pauline Maria Jaricot (1799-1862) e pelo 50º aniversário do decreto sobre suas virtudes heroicas. Pauline Marie Jaricot nasceu em Lyon e fundou a Pontifícia Obra para a Propagação da Fé e o movimento do Rosário Vivo (veja Fides 08/01/2013; 09/01/2013).
"Estamos neste momento unidos espiritualmente a Saint-Nizier - disse o Cardeal - a igreja que em 1935 em Lyon acolheu o corpo da Venerável Pauline Marie Jaricot. Realiza-se uma ponte de oração entre esta histórica e conhecida igreja da Trinità dei Monti e Saint-Nizier". O prefeito do dicastério missionário repercorreu as etapas principais da biografia de Jaricot, sublinhando que "sua vida e a obra por ela fundada são a imagem real do que o Apóstolo João nos disse: 'amar os outros como Deus nos amou". O amor de Deus que Jaricot transmitiu aos outros, através de sua vida e dessa obra, continua sendo difundido também hoje pela Obra para a Propagação da Fé".
A celebração destes dois aniversários importantes de Jaricot se realiza "no Ano da Fé, em que todos os cristãos são chamados a refletir sobre o dom recebido no Batismo, muitas vezes esquecido, se não rejeitado", disse o Cardeal Filoni, recordando que "a heroicidade das virtudes de Jaricot não consiste numa série de eventos miraculosos, mas na fidelidade fecunda a Cristo a quem se consagrou, tanto nos momentos bons quanto nos momentos difíceis e atormentados, e na visão previdente de um compromisso com a "evangelização para que todos os povos pudessem chegar ao conhecimento de Cristo e do amor misericordioso de Deus". (SL) (Agência Fides 10/01/2013)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network