ÁSIA/PAQUISTÃO - Paul Bhatti: “Venceu a justiça, a sentença a favor de Rimsha seja dedicada a Shahbaz”

Terça, 20 Novembro 2012

Lahore (Agência Fides) – “Esta é uma vitória para a justiça no Paquistão. Nós confiamos desde o início. Dedicamos o veredicto de absolvição de Rimsha Masih a meu irmão Shahbaz Bhatti, que se empenhou tanto pelas vítimas inocentes da lei sobre a blasfêmia”: é o que declara à Agência Fides Paul Bhatti, Ministro para a Harmonia e líder do APMA ("All Pakistan Minorities Alliance"), que administrou o caso de Rimsha. Paul Bhatti é irmão de Shahbaz Bhatti, Ministro federal para as Minorias, morto por terroristas em março de 2011 em Islamabad.
Paul Bhatti, visivelmente comovido depois do pronunciamento do Juiz, disse à Fides: “A absolvição de Rimsha é uma belíssima notícia. Estou muito satisfeito. É um passo histórico para o Paquistão. É uma sentença que lança duas mensagens claras ao país. A primeira é à justiça: Podemos ter confiança em nosso sistema judicial. É importante crer no respeito da legalidade. A segunda é para aqueles que usaram ou querem abusar da lei sobre a blasfêmia com objetivos pessoais. É claro que a partir de agora, todo abuso será punido e serão evitadas vítimas inocentes”.
Bhatti dedica a sentença a seu irmão Shahbaz, assassinado por defender Asia Bibi e as vítimas da blasfêmia: “Estou certo de que Shahbaz aprovou, lá de cima, esta sentença. Como católico, estou certo de sua presença ao nosso lado. Trabalhamos em memória de Shahbaz, inclusive na estratégia: depois do caso de Asia Bibi, concordamos com ele não mais organizar manifestações de cristãos contra a blasfêmia, mas acompanhar os processos judiciais nos tribunais. De fato, as manifestações podem gerar reações de fanáticos muçulmanos, e um caso judicial pode se transformar em confronto entre cristãos e muçulmanos, o que não beneficia ninguém. No caso de Rimsha, por exemplo, recebemos o apoio de numerosos líderes islâmicos e isto foi muito importante para o êxito final, elogiado por toda a opinião pública”. (PA) (Agência Fides 20/11/2012)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network