ÁFRICA/NIGÉRIA - Inundações: “somos carentes de tudo, mas permaneceremos com o povo em dificuldade até o fim” - diz um missionário

Sexta, 9 Novembro 2012

Abuja (Agência Fides) – “Não temos água potável, 160 pessoas já morreram em consequência das chuvas. As águas submergiram todas as aldeias da região” – escreve à Agência Fides irmão Damian Krzystof, missionário polonês que atua no Vicariato Apostólico de Bomadi, no estado de Delta, sul da Nigéria, uma das áreas mais atingidas pelas recentes inundações que abalaram diversos países da África ocidental. “Ninguém está nos ajudando, mas como missionários ficaremos ao lado da população que sofre até o fim” – afirma irmão Damian. “Abrimos dois centros para acolher refugiados, mas pelo menos 100 mil pessoas precisam de ajuda urgente em nossos vilarejos” – conclui o missionário. Segundo a National Emergency Management Agency (NEMA), as enchentes em toda a Nigéria causaram 363 mortos e mais de 2 milhões de refugiados. Os dados da NEMA se referem ao período de 1o de julho a 31 de outubro. No total, 7,7 milhões de pessoas foram atingidas pelas chuvas torrenciais. O governo federal promoveu 110 milhões de dólares para enfrentar os danos causados pelas inundações, definidas “sem precedentes”. (L.M.) (Agência Fides 9/11/2012)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network