AMÉRICA/BOLÍVIA - A Igreja convida as crianças a recuperarem o valor do mast'aku

Quarta, 31 Outubro 2012

Cochabamba (Agência Fides) - Por ocasião da comemoração dos mortos, a Igreja Católica na Bolívia convidou os meninos e meninas para participarem do tradicional mast'aku (ícone ancestral andina aos mortos), de meio-dia de 1º de novembro até a mesma hora do dia seguinte. O objetivo desta iniciativa é salvar os valores religiosos e culturais. Perto do altar da Paixão, na Catedral Metropolitana de Cochabamba, será criado o mast'aku, aqui as crianças poderão cantar e rezar pelas almas de seus entes queridos falecidos e poderão vestir roupas de anjos e santos. Os cantos e as orações serão recompensados com doces e bolos, os tradicionais misk'i e outras iguarias. Este espaço de oração dedicado às almas dos defuntos tem como objetivo educar as crianças aos valores da fé e do amor a Deus. Com a participação das crianças, os organizadores pretendem recuperar a sensibilidade humana e respeito pela vida e pela morte. O mast'aku consiste naquilo que o defunto comeu na vida, seu passado e seu relacionamento com os outros. As almas novas, ou mosoj almas, como são conhecidas no mundo andino, são aquelas que morreram com menos de um ano, para as quais se preparam grandes mesas na espera de sua visita. Segundo a tradição andina, a alma do falecido gasta um ano para chegar à última casa e visto que ainda vagueia no mundo terreno, devem ser oferecidos a ela todos os alimentos que gostava durante a vida. (AP) (31/10/2012 Agência Fides)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network