ÁSIA/PAQUISTÃO - As inundações causaram 450 mortos e deixaram graves danos a 4,9 milhões de pessoas

Segunda, 8 Outubro 2012

Islamabad (Agência Fides) – Pelo menos 450 pessoas morreram e 4,9 milhões foram atingidas pelas enchentes provocadas pelo monção que se abateu este ano sobre o Paquistão. Cerca de 275 mil habitações e atividades comerciais foram gravemente prejudicadas, de modo especial nas províncias meridionais de Sindh e Baluchistán. O monção se extinguiu no final do mês de setembro, mas, segundo fontes locais, em previsão no inverno cairão novas chuvas e o ritmo com o qual as águas estão se retirando em algumas áreas é muito lento. Em 2010, o país viveu as piores chuvas de sua história após um monção desastroso que, somado a um desgelo particularmente abundante, determinou a cheia do rio que alagou grande parte do país. Naquela ocasião, registraram-se danos a mais de 20 milhões de pessoas e 2 mil mortos, enquanto o fenômeno do ano passado alagou cerca de 75% dos campos no sul do país. (AP) (8/10/2012 Agência Fides)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network