AMÉRICA/COLÔMBIA - "Dignidade e direitos dos indígenas devem ser protegidos da violência": carta do Santo Padre

Quinta, 20 Setembro 2012

Bogotà (Agência Fides) - "Com profundo amor por todos, e em sintonia com a doutrina social da Igreja, convido a ouvir sem preconceitos a voz desses nossos irmãos, a favorecer um verdadeiro conhecimento de sua história e de seu modo de ser, como também a potencializar sua participação em todos os âmbitos da sociedade e da Igreja. A atual conjuntura é providencial para que, com retidão de intenções e configurados a Jesus Cristo, o caminho, a verdade e a vida para todo o gênero humano, cresça entre os pastores e os fiéis o desejo de proteger a dignidade e os direitos dos povos indígenas e esses últimos, por sua vez, estejam mais dispostos a cumprir com seus deveres, em harmonia com suas tradições ancestrais."
Essas são as palavras do Santo Padre Bento XVI contidas na carta enviada a Dom Ruben Salazar Gomez, Arcebispo de Bogotá e Presidente da Conferência Episcopal da Colômbia, que marcam o empenho de muitos agentes pastorais que trabalham e vivem com os povos indígenas da Colômbia. A carta do Papa é publicada no centenário da Carta encíclica "Lacrimabili statu indorum" de S. Pio X, no contexto de um Encontro Nacional organizado pela Igreja colombiana, que se realiza de 18 a 20 de setembro em Bogotá, do qual participam sacerdotes, religiosos e catequistas indígenas (veja Fides 19/09/2012).
O Papa recorda ainda a "necessidade de dedicar-se com maior cuidado à evangelização dos povos indígenas e à promoção constante de sua dignidade e de seu progresso". Encoraja aqueles que estão já engajados neste campo e, por ocasião do centenário, destaca: "A lembrança daquele magistério é uma ocasião extraordinária que nos é oferecida para continuar a aprofundar a pastoral indígena e não deixar de interpretar toda realidade humana para impregná-la com a força do Evangelho". (CE) (Agência Fides, 20/09/2012)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network