ÁFRICA/RDC - Emergência refugiados da República Centro-Africana sem nenhuma fonte de sustento

Segunda, 17 Setembro 2012

Kinshasa (Agência Fides) - Mais de 1.700 pessoas que fugiram dos ataques na República Centro Africana (RCA) se encontram na vizinha República Democrática do Congo (RDC) e precisam urgentemente de ajuda humanitária. Segundo a Federação Internacional da Cruz Vermelha e do Crescente Vermelho (IFRC), esta população, estimada em 1.727 pessoas, está em fuga depois das atrocidades cometidas por grupos armados que invadiram suas aldeias em junho de 2012, obrigando-os a atravessar o Rio Ubangi e procurar refúgio na RDC. Os refugiados provenientes dos povoados de Gbasiki e Gbazamba no leste da RCA agora se encontram nos povoados de Pendu e Guele no norte da RDC, e vivem em precárias condições de saúde e alimentação. Eles possuem escasso acesso aos alimentos e água potável que pegam do Rio Ubangi, fonte de doenças. O Escritório das Nações Unidas responsável pela Coordenação de Assuntos Humanitários declarou que estas pessoas precisam de tudo, e são 5 vezes o número da população local. As mulheres grávidas são obrigadas a dar à luz em condições de higiene insalubres. (AP) (17/9/2012 Agência Fides)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network