AMÉRICA/PERU - "Retomar o diálogo e resolver as questões suspensas”: o convite de Dom Cabrejos sobre o caso Conga

Sexta, 7 Setembro 2012

Cajamarca (Agência Fides) – O Arcebispo de Trujillo e membro da Comissão para o diálogo sobre o episódio da região de Cajamarca (veja Fides 05/07/2012), Dom Miguel Cabrejos Vidarte, OFM., felicitou a decisão do governo de revogar o estado de emergência na região de Cajamarca: desta forma, se reforçam as condições para construir a confiança e contribuir para o início de um diálogo construtivo entre todas as partes envolvidas e que resolva o problema desde a sua raiz. A população de Cajamarca protesta há tempos contra o projeto extrativista Conga, que prevê a abertura de uma série de minas na área, pois considera que sua atuação prejudicaria de modo irreparável o meio ambiente e principalmente as fontes de agua. Os protestos assumiram um tom violento, deixaram mortos e feridos e uma declaração do estado de emergência.
A nota enviada pela Conferência Episcopal à Agência Fides reproduz as palavras do Arcebispo Cabrejos: “Convido todas as partes envolvidas na questão das mineiras de Cajamarca a fazer o máximo esforço, com a melhor disposição, para recomeçar o diálogo que leve a analisar as questões suspensas, fundamentais para o progresso e o bem-estar de todo o povo de Cajamarca".
Segundo informações apuradas pela Agência Fides, a imprensa local anuncia que está se preparando uma grande manifestação contra o governo dos professores das escolas, no dia 12 de setembro, a próxima 4a feira. A intenção é dar uma abordagem política a este protesto, unindo o “caso Conga”, o que criou novamente um clima de tensão entre a população, que conseguiu, depois de muitos esforços, pacificar a área. A polícia, em uniforme anti-guerrilha, está ainda presente em diversas áreas da cidade de Cajamarca. (CE) (Agência Fides, 07/09/2012)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network