ÁFRICA/ÁFRICA DO SUL - “Talvez amanhã saia o acordo para a mina de Marikana” - diz à Fides o Bispo de Rustenburg

Terça, 28 Agosto 2012

Johannesburg (Agência Fides) – Está sendo aguardada para amanhã, 29 de agosto, a assinatura de um acordo entre os sindicatos e os administradores da mina de platina de Marikana (North West Province, na África do Sul). É o que informa à Agência Fides Dom Kevin Dowling, Bispo de Rustenburg.
“Esperamos que os esforços do governo para assinar um acordo de conciliação entre 4 organizações sindicais e a diretoria da mina tenham sucesso” – diz Dom Dowling.
“As negociações estão em andamento e se referem especialmente ao aumento salarial. A tensão permanece alta e os trabalhadores que querem retornar ao trabalho estão sendo ameaçados pelos grevistas” – diz o Bispo, que participa das tratativas junto com outros líderes cristãos que fazem parte do Conselho das Igrejas da África do Sul
Em 16 de agosto, um protesto sindical na mina de Marikana degenerou em violência: a polícia atirou e matou 34 mineiros. Nos atritos, morreram 44 pessoas. Em comunicado enviado à Southern African Catholic Bishops' Conference (SACBC), pediu um inquérito mais profundo sobre a tragédia e condenou as violências.
“Com meus sacerdotes, visitei os feridos e as famílias das vítimas. Nas últimas duas semanas, tentamos fazer o possível para levar conforto às pessoas atingidas pela violência” – diz Dom Dowling. “Acabei de retornar esta manhã de uma visita a um hospital de Rustenburg, onde os feridos mais graves estão hospitalizados. É uma tragédia terrível” – acrescenta.
Dom Dowling se diz preocupado porque “na sociedade sul-africana observa-se que a tentação de recorrer à violência para superar os problemas tem crescido. Muitas pessoas ainda estão vivendo na pobreza, que estão perdendo a esperança num futuro melhor. Entre os jovens desempregados, principalmente, prevalece o desespero”. “Devemos resolver juntos tais problemas, envolvendo todos: governo, companhias exploradoras, sindicatos e igrejas” – Dom Dowling. (L.M.) (Agência Fides 28/8/2012)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network