ÁFRICA/SUDÃO - Acordo sobre o petróleo entre Cartum e Juba

Segunda, 6 Agosto 2012

Cartum (Agência Fides)- Sudão e Sudão do Sul alcançaram um acordo para o preço que Juba deverá pagar para utilizar os oleodutos de Cartum e exportar seu petróleo.
Segundo Pagan Amum, chefe da delegação do Sudão do Sul, seu país teria aceitado pagar 9.10 dólares por barril para exportar através do oleoduto Petrodar, do Alto Nilo, e 11 dólares para as exportações passam pelo oleoduto CNPOC, que parte do Estado de Unidade.
Há meses, o Sudão do Sul parou de exportar petróleo, devido uma dura controvérsia com Cartum sobre o uso dos oleodutos. Segundo Amum, o Sudão queria uma taxa de 36 dólares por barril, sucessivamente reduzida a 25 dólares. O chefe dos negociadores do Sudão do Sul destacou que o acordo alcançado é conveniente para Juba e revelou que o Sudão do Sul ofereceu 3 bilhões de dólares em assistência financeira destinada ao Sudão. Cartum, que depois da independência do Sudão do Sul perdeu a maior parte de suas reservas de petróleo, encontra-se em graves dificuldades econômicas, que provocaram recentemente protestos populares pelo aumento dos preços dos gêneros de primeiras necessidades e das taxas.
O acordo terá duração de três anos e meio. Depois, para exportar a própria produção petrolífera, o Sudão do Sul espera poder utilizar um novo oleoduto que leve ao Quênia.
Em setembro está previsto um encontro entre os Presidentes sudanês e sul-sudanês para enfrentar outras questões controversas entre os dois países, como as disputas de fronteira e problemas relativos ao status de Abyei, área de confim rica de petróleo, contendida entre Cartum e Juba. (L.M.) (Agência Fides 6/8/2012)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network