AMÉRICA/GUATEMALA - Cerca de 200 pessoas, em grande parte crianças, lutam contra a fome por causa de tensões étnicas

Segunda, 9 Julho 2012

San Pedro Carchá (Agência Fides) – No território da paróquia São José, confiada aos missionários salesianos do município de San Pedro Carchá, existem cerca de 120 aldeias da etnia Maya-Q'eqchi', mas nem todos vivem em paz. Há vários meses, na Finca San Vicente, uma questão de divisão de terras fez as tensões aumentarem ao ponto que houve a invasão da aldeia de Sechac Nazareno. Durante a invasão, foram incendiadas casas e destruiu-se tudo o que havia sido semeado pelos agricultores, obrigados a fugir de suas terras em direção do vizinho município de Chisec. Segundo um comunicado da Ans, recebido pela Agência Fides, há 40 famílias de desalojados, em grande parte com crianças, num total de cerca de 200 pessoas que agora lutam contra a fome, distantes de suas terras e sem a sua coleta. Para enfrentar a emergência, a comunidade salesiana do município de San Pedro Carchá, interveio, distribuindo 14 kg de arroz a cada família, e voltará na próxima semana levando mais abastecimentos. (AP) (9/7/2012 Agência Fides)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network