ÁFRICA/SUDÃO - Os bispos católicos e presbiterianos fazem um lista dos locais de culto atacados no Sudão

Segunda, 9 Julho 2012

Cartum (Agência Fides) - Em sua mensagem conjunta por ocasião do primeiro aniversário da independência do Sudão do Sul, Dom Paulino Lukudu Loro, Arcebispo católico de Juba, e Dom Daniel Deng Bul, Arcebispo Episcopal de Juba e Primaz da Igreja Episcopal do Sudão, dizem: "Estamos tristes pelos desenvolvimentos na República do Sudão, que parecem ameaçar a diversidade as diversidades étnicas, religiosas e culturais".
Os dois líderes, acrescentam: "Estamos particularmente tristes com os ataques contra a igreja evangélica presbiteriana, pela demolição da igreja episcopal da paróquia de São João em Hai Baraka em Cartum, pela destruição das estruturas da Igreja Episcopal do Sudão e da escola católica dos Combonianos de Kadugli, pelo confisco das escolas católicas de Cartum e Omdurman, pelo fechamento dos escritórios do Sudan Council of Churches e do Sudanaid em Nyala (Darfur), e pelos ataques contra civis desarmados em outras partes do Sudão". (L.M.) (Agência Fides 9/7/2012)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network