http://www.fides.org

Asia

2012-05-25

ÁSIA/AFEGANISTÃO - Os talibãs atacam escolas femininas, obrigando-as a fechar

Cabul (Agência Fides) – Mais de 120 alunas e 3 professoras ficaram intoxicadas no segundo ataque realizado em dois meses no Afeganistão por obra dos radicais conservadores do norte do país. Segundo a polícia afegã e funcionários da escola, um tipo de material tóxico não identificado foi usado para contaminar o ar das salas das alunas, causando o desmaio de dezenas delas na província de Takhar. As forças de segurança nacionais, o National Directorate of Security (NDS), afirmam que os talibãs, contrários à instrução feminina, estão tentando criar pânico nas escolas com o objetivo de fechá-las até 2014. Fontes do Ministério do Ensino local informaram que ultimamente 550 já foram fechadas em 11 províncias onde os talibãs têm fortes apoios. No último mês, sempre na província de Takhar 150 estudantes foram envenenadas por beber água contaminada.
Desde 2001, quando os talibãs foram derrubados pelas forças afegãs apoiadas pelos Estados Unidos, três milhões de jovens voltaram a frequentar escolas. Sob o domínio dos rebeldes, as mulheres não podiam trabalhar nem estudar. Infelizmente, ataques periódicos contra estudantes, professoras e edifícios escolares ainda se verificam, especialmente nas áreas mais conservadoras do sul e do leste do país, onde os talibãs são mais fortes. (AP) (25/4/2012 Agência Fides)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network