http://www.fides.org

Africa

2012-05-22

ÁFRICA/ANGOLA - Continuam as violências e torturas contra as mulheres imigrantes

Luanda (Agência Fides) – Existem tantas mulheres e jovens clandestinas na África, muitas vezes detidas junto com seus filhos antes de serem deportadas, que sofrem abuso sexual, incluindo violência de massa, exploração sexual e a obrigação de ver os abusos cometidos contra outras mulheres. O relatório, "Se voltam os matamos: violência sexual e outros abusos contra imigrantes congoleses durante as expulsões de Angola", apenas publicado pela organização humanitária Human Rights Watch (HRW), denuncia a violência exercida pelas forças de segurança de Angola contra imigrantes congoleses. Trata-se de uma prática habitual no decurso dos controles realizados para identificar os migrantes sem documentos de identidade. A maioria destes chegam a Angola para trabalhar em minas de diamantes ou em mercados simples. Desde 2003, foram deportados do país imigrantes ilegais. Em 2011, segundo estimativas da ONU, foram 100 mil. Os abusos e torturas mais graves foram registrados nos cárceres. (AP) (22/5/2012 Agência Fides)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network