http://www.fides.org

Asia

2012-04-28

ÁSIA/MACAU - O Apostolado dos Jesuítas, há 450 anos em Macau

Macau (Agência Fides) – Os jesuítas estão presentes há 450 anos em Macau e prosseguem sua obra preciosa de evangelização, formação humana e cristã, empenho social e no campo da instrução. Em 2012, a “Companhia de Jesus” celebra 450 anos de presença em Macau. Em 24 de agosto de 1562, pe. Luís Fróis SJ e pe. Giovanni Battista Del Monte SJ chegaram a Macau e se estabeleceram, iniciando a obra do apostolado. Os dois jesuítas portugueses chegaram para ajudar dois sacerdotes diocesanos engajados no serviço pastoral junto a 5 mil habitantes da época em Macau, 600 dos quais, portugueses. Com eles, chegou Diego Pereira, mercante de sucesso que havia sido nomeado embaixador de Portugal na corte de Pequim. Em 1565, o Provincial dos Jesuítas, António de Quadros, deu instruções de construir uma residência permanente da Companhia de Jesus em Macau. O primeiro Bispo de Macau (de 1568 a 1581) foi o jesuíta português Melchior M. Carneiro, que fundou um leprosário e a "Santa Casa da Misericórdia".
Hoje, depois do retorno de Macau à China, em 1999, os católicos têm possibilidade de cultivar relações frutuosas com a Igreja da China e os Jesuítas estão engajados em “construir pontes” de diálogo e de reconciliação. O território de Macau (região administrativa especial da República Popular Chinesa com regime de parcial autonomia da China) constitui a diocese de Macau, diretamente subordinada à Santa Sé. A população católica é de cerca de 20 mil pessoas, em um total de 400 mil habitantes. (PA) (Agência Fides 28/4/2012)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network