ÁFRICA/MADAGASCAR - "Agradeço a todas as pessoas de boa vontade que nos estão próximas” - diz o Bispo de Moramanga depois de visitar as localidades atingidas pelo ciclone

Segunda, 20 Fevereiro 2012

Moramanga (Agência Fides) – Segundo dados divulgados pelo Escritório Nacional para desastres, pelo menos 200 mil pessoas foram atingidas pela passagem do ciclone tropical Giovanna em 13 de fevereiro (veja Fides 14/2/2012; 16/2/2012; 17/2/2012), cerca de 40 mil foram obrigadas a abandonar suas casas por causa das violentas inundações, enquanto ventos e chuvas destruíram 8.475 casas e demoliram completamente outras 4.230 moradias. O ciclone, da IV categoria, provocou também pelo menos 17 vítimas e 77 feridos, além de quatro dispersos. Mais de 100 escolas, hospitais, igrejas e escritórios foram danificados. “Finalmente consegui chegar a Andasibe – escreveu à Agência Fides o Bispo de Moramanga, Dom Gaetano De Pierro -, porque devido ao temporal gerado pelo ciclone, era impossível chegar à aldeia situada a 140 Km de Antananarivo, no leste de Madagascar. Pude encontrar-me com o prefeito da aldeia, que já se ativou para os primeiros socorros. Chegaram também responsáveis do Catholique Relief Service (CRS), com o qual iniciamos a avaliar os prejuízos e a pensar na estratégia a se atuar para a eventual distribuição de ajudas. Com estes responsáveis realizamos também uma visita à cidade de Moramanga. Agradeço todas as pessoas de boa vontade que nos são próximas, principalmente com a oração. Obrigada, de minha parte, e de toda a cidadania de Moramanga e de todos os fiéis da minha Diocese” – conclui Dom De Pierro (AP) (20/2/2012 Agência Fides)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network