http://www.fides.org

Africa

2003-07-16

ÁFRICA/BURUNDI - TRÉGUA A BUJUNBURA APÓS OS BOMBARDEIOS DOS DIAS PASSADOS. MAS ATÉ QUANDO? PREOCUPAM AS DRAMÁTICAS CONDIÇÕES DE MILHARES DE DESABRIGADOS

Bujumbura (Agência Fides) – Retomou a calma em Bujumbura, capital de Burundi, após o bombardeamento de ontem, terça-feira, que atingiu sobretudo o bairro de Gihosha. “ocorrem apenas esporádicos pequenos conflitos em regiões periféricas” informam à Agência Fides fontes da Igreja local. “A cidade está lentamente voltando à normalidade; negócios e ofícios estão reabrindo as portas, mas é difícil esquecer os momentos terríveis vividos no último período, por causa da verdadeira “chuva de bombas” que caiu durante toda a semana” continua a fonte. “Os rebeldes da Rwasa-FNL, a facção guerrilheira que assedia a capital , são irresponsáveis porque bombardeiam ao acaso, sem nenhuma preocupação com a vítimas civis. Em apenas 1 semana morreram cerca de 200 pessoas, a grande parte inocentes”.
Segundo fontes das nações Unidas, os recentes conflitos provocaram entre 7 mil e 15 mil desabrigados. “estas pessoas estão sofrendo de fome e sede, porque oram forçadas a deixar as suas casas, sem poder levar nada consigo. São sobretudo as criançaS que mais sofrem com as baixas temperaturas da noite” afirmam as fontes da Fides. “os desabrigados estão abandonados à própria sorte e se viram como podem. Somente as paróquias organizaram atividades de distribuição de alimentos e roupas”.
Ainda que os combates no momento cessaram, a tensão continua alta, a ponto que os Estados Unidos evacuaram a sua sede diplomática. “as pessoas vivem no terror de novos bombardeios”, contam as fontes da Agência Fides. “Os rebeldes podem voltar a qualquer momento, enquanto que os saques contínuos promovidos por grupos armados agravam a situação. Além de invadirem as casas e depredarem tudo, estes grupos organizam postos de bloqueio imprevistos, para assaltar até mesmo as roupas dos passantes”.
(L.M) (Agência Fides 16/7/2003 – linhas; 27; palavras: 323)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network