http://www.fides.org

Europa

2011-10-12

EUROPA/ALEMANHA - A catolicidade da Igreja como dom e missão.

Stuttgart (Agência Fides) - O Centro de Espiritualidade de Stuttgart, dos Missionários Escalabrinianos, em colaboração com as Missionárias Seculares Escalabrinianas, propôs a dimensão da catolicidade da Igreja como tema da anual Scalabrini-Fest dos Frutos. O encontro foi realizado em Stuttgart, de 7 a 9 de outubro, com a participação de cerca 200 pessoas de 21 nacionalidades diferentes. Particularmente animada foi a presença de um numeroso grupo de migrantes e refugiados, que vivem na Suíça e na Alemanha e são provenientes de diferentes países africanos (Eritréia, Togo, Camarões); eles apreciaram a possibilidade de viver uma troca e experiências e o aprofundamento da fé com católicos de outras línguas e culturas. De fato, entre os jovens, os adultos e as crianças que participaram da festa, estavam representados todos os continentes e, por meio da oração, da celebração da Eucaristia, do diálogo nos diferentes grupos, divididos por idade, pudemos experimentar uma autêntica experiência da universalidade da Igreja católica.
Pe. Luigi Sabbarese, missionário escalabriniano e professor na Ponitifícia Universidade Urbaniana de Roma, conduziu o momento da reflexão. O tema da palestra foi “A catolicidade da Igreja no mundo de hoje. Qual a missão de cada cristão?” e focalizou a universalidade como nota fundamental que pertence, desde o princípio, à Igreja de Cristo e que também qualifica a missão de todo batizado. O professor Sabbarese aplicou tal aspecto ao contexto migratório. O migrante se torna para a igreja e para cada cristão uma positiva “pró-vocação” que torna visível no âmbito local a dimenção católica da fé cristã, capaz, não somente de se incarnar em todas as culturas e nas diversas realidades humanas, mas também de gerar comunhão entre as diversidades que abraça.
Portanto, imigrante ou autóctone, todo cristão è enviado a viver a missão de contribuir na realização do projeto de Deus: o nascimento de uma nova humanidade sempre mais unida na valorização das legítimas diferenças. Desta humanidade, a Igreja è chamada a ser, com seu testemunho, uma antecipação. Através dos diferentes momentos da Scalabrini-Fest os partecipantes procuraram juntos identificar passos novos para viver a missão da catolicidade no dia-a-dia, na confiança que a Eucaristia já está nos transformando no único corpo di Cristo. (LD) (Agência Fides 12/10/2011)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network