OCEANIA/AUSTRÁLIA - Um centro de espiritualidade transformado em local de acolhimento para desabrigados das enchentes

Sexta, 18 Março 2011

Sydney (Agência Fides) – O Home Fund das Pontifícias Obras Missionárias (POM) australianas acaba de subvencionar um novo centro de espiritualidade para refugiados aborígines na remota região de East Kimberley, no oeste da Austrália, depois que suas moradias foram destruídas por causa das inundações imprevistas. Em um comunicado das POM australianas, recebido pela Agência Fides, consta que as chuvas de 13 de março passado, que precederam as enchentes, transformaram a comunidade aborígine de Gija a Warmun em um rio de lama. Muitas casas foram levadas pelas águas, outras estão completamente destruídas. As chuvas danificaram gravemente também a escola católica próxima de Ngalangangpum (“Mother and Child”), alagou jardins, edifícios escolares e a residência das três irmãs de São José, no complexo da escola. 500 pessoas foram evacuadas, muitas das quais foram abrigadas no Centro de Espiritualidade Mirrilingki (Warmun Retreat Centre). O Bispo da Diocese de Broome, Dom Chris Saunders, expressou sua solidariedade e alívio pelo fato que a inundação não provocou feridos graves e nem vítimas fatais. O Bispo também acrescentou que os alagamentos continuam a isolar as ruas de Warmun e que, graças aos helicópteros, muitas pessoas foram transportadas a alojamentos temporários nas cidades de Halls Creek e Kununurra. “Um enorme desastre; muitas famílias foram separadas. Trata-se de uma verdadeira desolação social para aqueles que perderam tudo” – disse Dom Saunders. Através do Home Mission Fund, as POM australianas apóiam atividades e programas da Diocese de Broome. O Centro de Espiritualidade Mirrilingki de Warmun oferece formação religiosa, possibilidade de grupos de trabalho e de diálogo com indígenas e é capaz de acolher famílias e grupos até por longos períodos. (AP) (18/3/2011 Agência Fides)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network