http://www.fides.org

Africa

2003-07-03

ÁFRICA/R.D. CONGO - APELO DE BUNIA: “AJUDEM-NOS A CONSTRUIR UMA CULTURA DE PAZ”

Búnia (Agência Fides) – “Quando chegaram as tropas internacionais aqui em Bunia, todos esperávamos que contribuíssem para trazer a paz; infelizmente porém, o modo como se comportaram provocou perplexidade”, disse um observador local contatado pela Agência Fides em Búnia, no nordeste da República Democrática do Congo. Nos meses passados, a cidade esteve no centro de duros combates entre as milícias étnicas Hema e Lendu. Para por fim aos conflitos armados, a comunidade internacional decidiu enviar uma força de paz liderada pela França. As tropas internacionais começaram a chegar na cidade no fim de Maio.
“Em Búnia, a calma foi retomada” disse a fonte da Agência Fides, “mas continua uma profunda divisão entre a população. A postura dos soldados estrangeiros infelizmente não ajuda a estabelecer um clima de confiança entre os habitantes. Os militares, por exemplo, nos postos de bloqueio pedem às pessoas a etnia de pertença, reforçando o entisico que deve ser absolutamente evitado, porque joga óleo no fogo”.
“Além disso, a população ficou descontente com as atitudes assumidas pelos soldados durante as perseguições. A impressão que se está difundindo entre as pessoas é que os militares da força internacional não são neutrais, mas que são defensores de uma das partes. A nossa preocupação é que quando a força multinacional se retirar de Búnia, a guerra seja retomada com maior violência que antes, porque não foram resolvidos os problemas que estão na base do conflito”.
“Se a comunidade internacional quer realmente colocar fim neste conflito, deve promover uma cultura de paz”, conclui a fonte da Agência Fides.
(L.M) (Agência Fides 2/7/2003 – linhas: 22; palavras: 266)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network