http://www.fides.org

America

2004-06-04

AMÉRICA/EQUADOR - A Igreja no Equador envia à Igreja na Guatemala o seu primeiro leigo missionário “ad gentes”: continuam a amadurecer os frutos do CAM 2.

Quito (Agência Fides) - No dia 7 de junho, a Igreja do Equador enviará, em missão “ad gentes”, pela primeira vez na sua história, um leigo missionário para trabalhar na diocese de Jalapa (Guatemala). “Andrés Becerra Obando, missionário ad gentes, é sinal da comunhão e partilha, tão desejadas por João Paulo II e, constantemente reafirmadas pelo Segundo Congresso Missionário Americano (CAM 2), celebrado em Cidade da Guatemala, em novembro passado. Ali, foi estabelecido que o próximo Congresso Missionário Americano será no Equador e, precisamente do Equador, é que enviamos um missionário ad gentes”. Este é um trecho da comunicação que a Direção Nacional das Pontifícias Obras Missionárias do Equador enviou à Agência Fides.
Por ocasião do CAM 2, o Arcebispo de Quito (Equador), D. Raúl Vela Chiroga e D. Julio Cabrera Ovalle, Bispo da Diocese de Jalapa (Guatemala), iniciaram os primeiros contatos para o envio do missionário. O próprio jovem, Andrés, teve meio de visitar a diocese onde deverá desenvolver a sua atividade missionária em nome da Igreja no Equador.
O missionário “ad gentes” é um jovem engenheiro, membro da “Juventude Sem Fronteiras” do Equador. Já há muito tempo empenhado na Igreja, desenvolveu um caminho de preparação no âmbito missionário por, pelo menos, 8 anos. Trabalhou como catequista por volta de 15 anos na paróquia de Pomasqui (Quito). Participou de várias experiências missionárias em diversas jurisdições eclesiásticas do país e foi responsável por muitos grupos de jovens. (R.Z.) (Agência Fides 4/6/2004)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network