http://www.fides.org

Africa

2004-05-22

ÁFRICA/MALAUÍ - O Malauí aguarda os resultados das eleições presidenciais e políticas

Lilongüe (Agência Fides) - Ainda não foram difundidos os resultados das eleições presidenciais e políticas realizadas em 20 de maio em Malauí. “As operações de escrutínio estão em curso e ainda não se sabe quando vão terminar” - dizem à Agência Fides fontes da Igreja local. “As operações de voto decorreram pacificamente e foi registrada uma grande participação popular ao voto” - informam as fontes da Fides.
Segundo alguns órgãos de imprensa locais, Bingu wa Mutharika, candidato do partido atualmente no poder, estaria na liderança. “A distância entre os primeiros dois candidatos é aparentemente mínima” - dizem as fontes. “Isso pode causar novas polêmicas sobre presumíveis fraudes eleitorais”.
Inicialmente, as eleições estavam marcadas para 18 de maio. Os partidos da oposição apresentaram um recurso à Corte Suprema, denunciando irregularidades no cadastro dos eleitores. A Corte emitiu então uma sentença adiando as eleições, a fim de controlar o cadastro. A comissão eleitoral adiou a data somente de dois dias, gerando dúvidas sobre e efetiva verificação das supostas irregularidades (veja Fides 18 de maio de 2004).
Neste clima, um jornal próximo ao partido de governo havia publicado a notícia segundo a qual alguns Bispos católicos haviam dado indicações de voto favoráveis a Bingu wa Mutharika. A Igreja publicou uma desmentida oficial da notícia.
“Este episódio foi citado pela oposição como prova ulterior da má-conduta do governo” - acrescentam as fontes da Fides. Os Bispos não assumiram alguma posição em favor de um ou outro candidato, forneceram somente algumas indicações gerais sobre as eleições. (veja Fides de 10 de maio de 2004). (L.M.) (Agência Fides 22/5/2004)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network