http://www.fides.org

Africa

2004-05-08

ÁFRICA/UGANDA - O testemunho de fé cristã de um condenado à morte ugandês

Kampala (Agência Fides)- Um testemunho de fé cristã e de esperança na compaixão de Deus. Este é o conteúdo da última carta do condenado à morte, Kalisti Sebugwawo, enforcado em Uganda em fevereiro de 1993. Trechos da sua carta foram publicados no livro “May the state kill?”, do Pe. Tarcisio Agostoni, missionário comboniano, há anos empenhado na assistência dos prisioneiros ugandenses. Padre Agostoni foi recentemente entrevistado pela Agência Fides (veja Fides de 6 de maio de 2004).
“Adquiri uma confiança concreta de que o Senhor nunca me deixará perecer no inferno. Mas certamente me receberá no seu reino eterno (Mt 10:32-42)”, escreve Kalisti Sebugwawo. “Estou para ir ao céu viver com o meu Senhor Jesus para toda a eternidade. Espero que aqueles que acreditam me encontrem ali. Estarei pronto para dar as boas-vindas a vocês, irmãos e irmãs. Assim, não percam a esperança, e não deixem que o mal os engane e faça com que estejamos separados.”
“Não tormentem ou amaldiçoem ninguém pela minha morte. Mas dêem graças a Deus porque nos chamou a sua casa para viver com Ele na felicidade. Glorifiquem Deus porque estou para encontrar Jesus”, escreve o prisioneiro, que parece querer consolar os seus amigos e familiares pela sua morte iminente.
“Ainda tenho muito a escrever, mas o tempo não o permite. Estou para deixar a vida terrena, com a esperança de que nos encontraremos nos céus. Estou certo de que vocês me amam, porque até agora recebi mais de 70 cartas e outras coisas mais”, conclui Kalisti Sebugwawo. (L.M.) (Agência Fides 8/7/2004)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network