http://www.fides.org

Africa

2003-06-20

ÁFRICA / ÁFRICA DO SUL - JORNADA MUNDIAL DO REFUGIADO: ASSISTÊNCIA E FORMAÇÃO PARA CONSTRUIR UM FUTURO: OS SCALABRINIANOS PELOS REFUGIADOS AFRICANOS

Cape Town (Agência Fides) – Acolhida, ajuda alimentar, assistência médica, educação, formação profissional: são as principais atividades do “Scalabrini Refugee Service” da cidade de capo, na África do Sul, cidade portuária sujeita à chegada de imponentes fluxos migratórios de países da África e da Ásia. por ocasião da Jornada mundial dos Refugiados, em 20 de junho de 2003, os padres scalabrinianos organizaram diversos eventos de sensibilização para com a realidade dos refugiados.
Durante todo o mês de junho, uma amostra fotográfica dedicada à mobilidade humana permanecerá aberta no “Scalabrini Centre” de Cape Town. O novo centro, inaugurado recentemente, será a sede de um projeto de formação ao trabalho e desenvolvimento dirigido pela “Scalabrini Development Agency”.
Quando os refugiados chegam na África do Sul, explicam à Agência Fides os scalabrinianos locais, devem apresentar às autoridades um pedido de asilo temporário. Nos primeiros seis meses de sua permanência – na espera de que o pedido de asilo seja acolhida ou rejeitada – não podem trabalhar e estudar e têm necessidade de todo o tipo de assistência. Freqüentemente buscam hospitalidade junto aos parentes e amigos, outras vezes vivem nas estações ferroviárias ou debaixo das pontes. Os Scalabrinianos os acolhem e procurem fornecer ajuda alimentar, assistência sanitária, instrução ou formação profissional para ajudá-los a construir um futuro.
Os Scalabrinianos ativaram cursos de inglês para crianças, jovens e adultos, fundamentalmente para que os refugiados possam inserir-se no tecido social da sociedade. Muitas famílias são ajudadas na formação escolar de seus filhos: em 2002, os missionários pagaram financiaram as despesas escolares para 130 estudantes e também, cursos profissionalizantes e universitário para outros 50. possuem também um serviço pastoral para os refugiados cristãos: em duas paróquias se celebra a Santa Missa em francês e foram iniciados grupos de oração e de reflexão bíblica. Os grupos de jovens de algumas paróquias organizam jornadas de sensibilização para que a situação dos refugiados seja conhecida e para fazer descobrir a alegria de servir e doar-se aos outros.
Os Scalabrinianos – Missionários de São Carlos – são uma congregação fundada em 1887 por Dom Giovan Battista Scalabrini, Bispo de Piacenza (1839-1905), com o carisma da assistência aos emigrantes italianos. Há diversos decênios a congregação se ocupa de todas as populações imigradas ou refugiadas, independentemente da nacionalidade, e dos problemas relacionados à mobilidade humana. Atualmente são 781 em 249 comunidades.
(PA) (Agência Fides – 20/06/2003 – linhas: 37; Palavras: 407)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network