http://www.fides.org

America

2004-02-19

AMÉRICA/HAITI - Apelo dos Bispos: “Evitem o banho de sangue”.

Porto Príncipe (Agência Fides)- “Apelamos à consciência dos govenantes para que adotem a decisão melhor para acabar com esta situação, para evitar um banho de sangue entre a população civil”. É o apelo feito pela Conferência Episcopal do Haiti às partes em conflito na ilha caribenha, que está vivendo uma guerra civil entre os defensores e os opositores do Presidente, Jean-Baptiste Aristide.
“Não compete à Igreja decidir as ações a serem tomadas, mas é urgente agir para deter a violência” - afirmou Dom Hubert Constant, OMI, Arcebispo de Cap-Haïtien e Presidente da Conferência Episcopal do Haiti.
Os Bispos exortam todos os haitianos a “respeitar a vida de cada ser humano, a integridade moral das pessoas, o direito de todos à liberdade, à verdade, assim como o direito constitucional de se expressar e manifestar pacificamente”.
A Igreja expressa também forte preocupação pela situação humanitária: “O sofrimento da população é intolerável, a insegurança é geral” - afirmam os Bispos.
Diante da emergência humanitária, os Bispos pedem às partes em conflito “que abram o caminho para a ação das organizações humanitárias, que levam ajuda às pessoas feridas ou em situação difícil”.
A revolta contra o Presidente Aristide provocou até agora centenas de mortos. O Haiti tem uma população de cerca de 8 milhões de habitantes, 75% dos quais vivem abaixo da linha de pobreza.
(L.M.) (Agência Fides 19/2/2004)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network