http://www.fides.org

Dossiê

2008-07-19

Instrumentum mensis Iunii pro lectura Magisterii Summi Pontificis Benedicti XVI pro evangelizatione in terris missionum

Foram numerosas as audiências concedidas pelo Santo Padre no mês de junho, entre elas merecem uma menção especial a do dia 2, concedida aos peregrinos da Arquidiocese de Turim, guiados pelo Arcebispo Card. Poletto, durante a qual o Santo Padre anunciou a nova Exposição do Santo Sudário na primavera de 2010, “para contemplar aquela misteriosa Face, que silenciosamente fala ao coração dos homens, convidando-os a reconhecer a face de Deus”; e a do dia 7, durante a qual, ao receber em audiência os participantes do VI Simpósio Europeu dos docentes universitários, o Santo Padre renovou o convite a “ampliar os horizontes da racionalidade”, destacando a necessidade de “promover centros acadêmicos de alto perfil, cuja filosofia possa dialogar com as outras disciplinas”.
Entre as Mensagens enviadas pelo Santo Padre destaca-se especialmente a que foi dirigida, no dia 3, à Conferência de alto nível sobre a segurança alimentar mundial promovida pela FAO, em que declarou: “A fome e a desnutrição são inaceitáveis num mundo que, na realidade, dispõe de níveis de produção, de recursos e de conhecimentos suficientes para pôr fim a estes dramas e às suas conseqüências”; a carta enviada, no dia 12, aos participantes da sétima Assembléia Geral da Federação Bíblica Católica: “somente Cristo, verbo eterno do Deus vivo, através do espírito Santo pode abrir nossas mentes para compreender as Escrituras”; a carta na ocasião do XXV aniversário de Ordenação Episcopal do Cardeal Vicario, Camillo Ruini, no dia 21. Do mesmo dia é a vídeo-mensagem aos jovens reunidos em Québec na ocasião do 49° Congresso Eucarístico Internacional, em que o Papa recordou que no Pão Eucarístico “Cristo está presente realmente, totalmente e substancialmente”, convidando os jovens a encontrá-Lo na Missa e durante a Adoração silenciosa.
Na ocasião da Visita ‘ad Limina Apostolorum’, o Papa recebeu em audiência os Bispos da Conferência Episcopal da Malásia-Singapura-Brunei, de Bangladesh, do Paquistão, de Honduras e de Hong Kong e Macau.
No dia 9, o Santo Padre inaugurou o Congresso anual da Diocese de Roma, na Basílica de San Giovanni in Laterano, cujo título era: “Jesus ressuscitou: educar para a esperança na oração, na ação, no sofrimento”. Nos dias 14 e 15 de junho, Bento XVI realizou Visita Pastoral a Santa Maria di Leuca e a Brindisi.
Na noite do dia 28 de junho, na Basilica de São Paulo fora dos Muros, o Santo Padre presidiu a Celebração das primeiras Vésperas da Solenidade dos Santos Apóstolos Pedro e Paulo, na ocasião da abertura do Ano Paulino, com a participação do Patriarca Ecumênico Bartolomeu I e dos Representantes das outras Igrejas e Comunidades Cristãs. No dia seguinte, domingo, 29 de junho, Bento XVI celebrou a Santa Missa na Basílica Vaticana na qual impôs o Pálio aos novos Arcebispos Metropolitanos.
Accorati sono stati gli apelos do Santo Padre: no dia 19, pela “ansiada paz e a estabilidade social no respeito aos direitos fundamentais da pessoa” no Líbano e no Iraque e no dia 27 pela vida da Igreja na China.

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network