http://www.fides.org

Vaticano

2003-05-05

EUROPA/ESPANHA - O PAPA NA ESPANHA CANONIZA CINCO BEATOS: “ O DISTINTIVO DOS CRISTÃOS É TESTEMUNHAR COM AUDÁCIA E CORAGEM JESUS RESSUSCITADO”

Madri (Agência Fides) – Na manhã de domingo, 4 de maio, III domingo de Páscoa, o Santo Padre João Paulo II presidiu a concelebração eucarística na Praça de Colón em Madri, no curso do qual proclamou Santos os beatos Pedro Poveda Castroverde, José Maria Rubio y Peralta, Genoveva Torres Moraes, Ángela de la Cruz, Maria Maravillas de Jesus.
“ Os novos Santos se apresentam hoje diante de nós como autênticos discípulos do Senhor e testemunhas de sua Ressurreição”, disse o Santo Padre na homilia, recordando a liturgia do tempo pascal que apresenta Jesus que convida a dar testemunho de Sua ressurreição. “ A partir de então a igreja, com a força do espírito santo, continua a proclamar esta notícia extraordinária a todos os homens de todos os tempos. E o sucessor de Pedro, peregrino em terra espanhola, vos repete: “Espanha! Em continuidade com um passado de corajosa evangelização seja também hoje testemunha de Jesus Cristo Ressuscitado!”
Após ter lembrado o empenho e os méritos dos novos Santos, que deram o seu testemunho nos diversos campos da educação, do esforço social de evangelização, de assistência aos pobres, da oração, o Santo Padre destacou a mensagem destes aos mundo de hoje: “ As suas obras, que admiramos e pelas quais damos graças a deus, não se devem atribuir apenas aos seus esforços ou à sabedoria humana, mas à ação misteriosa do Espírito Santo, que suscitou neles uma adesão inquebrantável à Jesus crucificado e ressuscitado e o propósito de imitá-lo. Caros fieis católicos da Espanha, deixemo-nos interpelar por estes maravilhosos exemplos!”
O Papa convidou a rezar para que em terra espanhola floresça novos frutos de santidade: “ se as comunidades eclesiais se manterão fieis ao Evangelho” e “se a família saberá manter-se unida, como autêntico santuário de amor e de vida”. por fim, o Papa exortou a “não romper com as próprias raízes cristãs” porque “ somente assim sereis capazes de levar ao mundo e à Europa a riqueza cultural da vossa história”.
No final da missa, antes da oração do Regina Coeli, o Papa lembrou que a sua primeira visita na Espanha (1982) teve por tema “Testemunhas da esperança” e para esta quinta visita o slogan foi “Sereis minhas testemunhas”. “ Lembrai-vos sempre que o distintivo dos cristãos é testemunhar com audácia e coragem Jesus ressuscitado, morto e ressuscitado pela nossa salvação”. Depois de ter saudado as Autoridades e todos os presentes, o Santo Padre concluiu: “ A lembrança destes dias se transformará em oração, pedindo para vós a paz na convivência fraterna, animados pela esperança cristã que não decepciona”.(S.L) (Agência Fides 5/5/2003 – Linhas:31, palavras: 439)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network