http://www.fides.org

Asia

2004-01-09

ÁSIA/ÍNDIA - FALSA PROPAGANDA E VIOLÊNCIAS CONTRA PESSOAS E INSTITUIÇÕES CRISTÃS EM TODO O PAÍS – O QUE MUITAS VEZES SÃO CONSIDERADOS “ACIDENTES”, SÃO NA VERDADE ATAQUES ORGANIZADOS POR FANÁTICOS

Nova Délhi (Agência Fides) – Enquanto os bispos indianos reunidos em Trichur (Estado de Kerala) para discutir “Igreja e comunicação” alertam sobre o uso da falsa propaganda contra a Igreja para influenciar a opinião pública, causam preocupação alguns episódios que em toda nação demonstram o fundamento dos temores dos líderes católicos e das associações que unem os cristãos indianos.
O Global Council of Indian Christians expressou sua perplexidade diante da ameaça lançada por Madan Dilaver, Ministro no Estado de Rajasthan e expoente do Baratiya Janata Party. O Ministro pediu publicamente o imediato fechamento das estruturas católicas, entre as quais um orfanato com 6.000 crianças, casas que assistem homens sem moradia fixa e hospitais para doentes de hanseníase. Uma das falsas acusações utilizadas para justificar a medida é que tais estruturas estão envolvidas em atividades antinacionais, e de modo especial, em tráficos de órgãos.
O All India Catholic Union (AICU) pediu ao Primeiro-ministro do Estado federal, Atal Behari Vajpayee, que tome sérias providências contra a crescente intolerância religiosa que se registra em vários estados do país, como em Bihar, Assam, Maharashtara. Segundo o AICU, continuam os casos de violência física, maus-tratos e ameaças contra os cristãos, e a intolerância cresce em ocasiões eleitorais, como ocorreu nos Estados de Madhya Pradesh e Rajastan.
Também no Estado de Orissa os cristãos estão alarmados, como confirmou à Fides Dom Lucas Kerketta, Bispo de Sambalpur, referindo-se a alguns episódios de cristãos atacados com pedras, violência contra pessoal religioso e profanação de lugares sagrados. Segundo a Igreja local, o que muitas vezes são considerados “acidentes”, são na verdade ataques organizados por fanáticos de diversas organizações extremistas hindus, que perseguem a ideologia nacionalistas do hindutva (uma nação, uma cultura, uma religião).
Preocupados com a situação, os Bispos solicitaram a intervenção dos cristãos eleitos no Parlamento indiano. Em recente encontro, o Arcebispo de Nova Délhi, Dom Vincent Concessao, expôs aos parlamentares cristãos os problemas que a Igreja está atravessando, notando um recrudescimento da violência anticristã durante as últimas eleições em cinco estados indianos. Na reunião, foi feita a proposta de criar uma instituição católica, em nível nacional, para coordenar com maior eficiência as numerosas escolas, colégios e centros de pesquisa que a Igreja administra na Índia. As estruturas católicas, que se encontram normalmente em áreas rurais, são dirigidas principalmente aos mais pobres, oferecendo a eles instrução gratuita.
(PA) (Agência Fides 9/1/2004 Linhas 41 Palavras 425)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network