http://www.fides.org

Africa

2003-12-23

ÁFRICA/BURKINA-FASO - QUE O NATAL ABRA O CORAÇÃO DAS PESSOAS E AUMENTE OS HORIZONTES DA CIÊNCIA, COLOCANDO-SE A SERVIÇO DAS PESSOAS: O TESTEMUNHO DO CAPELÃO DI YALGADO OUEDRAOGO

Ouagadougou (Agência Fides) - Pe. Edgard Yameogo é um sacerdote camiliano, capelão do hospital civil de Ouagadougou, além de Diretor do Centro de pastoral sanitária (Camillianum) de Burkina Faso. Por ocasião das festas de Natal, enviou à Agência Fides seu testemunho, no qual descreve a situação sanitária de seu País. Eis o texto:
“O centro hospitalar Yalgado Ouedrãogo, do qual sou capelão, é uma estrutura sanitária com 717 leitos. É o único hospital civil da capital, Ouagadougou. O pessoal é muito ativo e competente, formado aqui mesmo, em universidades africanas, ou européias. Yalgado se auto-financia e é auto-suficiente. Na prática, são os próprios doentes a fornecer todo o necessário para sua terapia. Obviamente, esta situação não tutela de forma alguma os pobres, que não podem comprar remédios.
O índice de soropositivos, por sua vez, é alto, por volta de 7% da população. A malária mata dez vezes mais do que a AIDS.
Diante desta situação sanitária, continua Padre Yameogo, esperamos que os doentes de AIDS e de malária (citando exclusivamente as doenças que causam mais vitimas), possam ter acesso aos medicamentos para curar-se. Fui capelão em hospitais romanos, e noto que alguns remédios, ou materiais médicos que em Roma são inutilizados, seriam muito preciosos para nós. Os anti-viroticos são um luxo para nós!
A nossa grande esperança é que estas festas de Natal aumentem a generosidade das pessoas, encorajando a solidariedade para com os doentes do Sul do mundo.
Nessa ocasião de festa, esperamos que os corações das pessoas se abram, e os horizontes científicos se estendam, em prol daqueles que sofrem”.
(AP) (23/12/2003 Agência Fides; 27 linhas; 300 palavras)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network