http://www.fides.org

Asia

2003-05-23

ÁSIA/CHINA - O EMPENHO DOS MÉDICOS SEM FRONTEIRA” CONTRA A SARS NA CHINA

Pequim (Agência Fides) – Depois de ter cumprido missões no Vietnam e Hong Kong, Dan Sermand, o responsável do grupo de combate à Sars da Organização Não Governamental Médicos Sem Fronteiras (MSF) chegou a Pequim em 18 de Maio.
O objetivo principal da presença do MSF é juntar-se aos colegas chineses para vencer combater a pulmonite atípica. “ Fizemos os primeiros contatos – explicou Sermand – existem tantas coisas a serem conhecidas e estudadas”. Sermand já esteve na capital chinesa entre 12 a 15 de Maio. No fim de Março, Sermand e seus colegas ajudaram Vietnam e Hong Kong para estabelecer um método de isolamento e proteção e um método de apoio psíquico aos pacientes e ao pessoal paramédico. Em 29 de Abril, dia em que Sermand transferiu a sua equipe para Hong Kong, a Organização Mundial da Saúde anunciou que a Sars estava “sob controle” no Vietnam cancelando o País da “lista negra”. Por isso, Sermand foi definido “o médico do milagre”. Um outro membro de Médicos sem Fronteira, o médico italiano Carlo Urbani, foi o primeiro a descobrir o vírus da Sars: contagiado, morreu na Tailândia no fim de Março e foi chamado “o herói da Sars”.
Médicos sem Fronteira, nato em 1971, chegou na China nos anos noventa. Atualmente está empenhado nas províncias chinesas de Yun Nan e Si Chuan ( contra a difusão de tuberculose e doenças sexuais), Shaan Xi (assistência sanitária aos meninos de rua), Xi Zang e Xin Giang. Em 10 de Abril de 2003, a organização assinou um cordo com o governo provincial de HuBei para colocar em ação um programa qüinqüenal para a cura e prevenção da Aids.(N.Z) (Agência Fides 07/05/2003 – linhas: 21; palavras: 291)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network