http://www.fides.org

Asia

2003-11-28

ÁSIA/PAQUISTÃO - DIÁLOGO INTER-RELIGIOSO FEMININO: CRISTÃS E MUÇULMANAS PARTICIPAM JUNTAS DE UM CONGRESSO SOBRE A CONDIÇÃO DA MULHER NA SOCIEDADE PAQUISTANESA

Lahore (Agência Fides) – O diálogo inter-religioso requer também a sensibilidade feminina: com uma iniciativa sem precedentes, anunciada à Agência Fides, um recente seminário de estudos sobre a condição da mulher no Paquistão reuniu mais de 200 cristãs e muçulmanas em Kasur, sul de Lahore. O objetivo do encontro, organizado para o fim do Ramadã pela Comissão para o Diálogo Inter-religioso da Arquidiocese de Lahore, era compartilhar idéias e debater sobre o papel da mulher na sociedade.
Como informa um release enviado à Agência Fides, as participantes aumentaram seu conhecimento recíproco, realizaram um aberto confronto de idéias, debateram sobre a condição da mulher, oferecendo a própria visão baseada nos princípios das religiões islâmica e cristã.
Sayeda Nelofar Mehdi, empresária muçulmana, afirmou durante o debate: “Conheço a vida de Jesus e de Maria, a Bíblia e a vida das irmãs. Não seria uma boa muçulmana se não conhecesse Jesus Cristo. Mesmo sendo de religiões diferentes, formamos uma única nação, o Paquistão. Aprecio a vida e a obra de Madre Teresa de Calcutá, que se dedicou a aliviar os sofrimentos da humanidade, ajudando pessoas de fé hindu, muçulmana e cristã”. Sobre a condição da mulher no Paquistão, Sayeda recordou que “muitas mulheres deram sua contribuição à vida civil do país” e que “as mulheres paquistanesas adquiriram confiança em si mesmas e estão trabalhando em todos os setores da vida social”.
Pe. Francis Nadeem, Secretário da Comissão para o Diálogo Inter-religioso, destacou a contribuição que as mulheres e as freiras cristãs oferecem ao povo paquistanês, principalmente no campo da educação e da saúde. As irmãs de Madre Teresa, recordou, “trabalham no Paquistão para todos os seres humanos, sem discriminação de religião”, enquanto Ir. Seraphine, religiosa paquistanesa das Missionárias da Caridade, contou sua experiência de assistência aos pobres e aos doentes nas cinco casas que as Irmãs de Madre Teresa administram no Paquistão.
Nazi Shoukat, muçulmana, destacou o papel das mulheres nas Organizações não-governamentais que atuam no país em nível social, como a “Sudhar Foundation”, que oferece assistência a crianças de rua e órfãos, e trabalha nos hospitais.
“As mulheres – concluiu em um colóquio com a Fides Pe. Inayat Bernard, um dos organizadores do encontro – são uma parte importante do país, que influencia a vida dos jovens e são responsáveis pela construção de uma sociedade justa e pacífica.”
(PA) (Agência Fides 28/11/2003 Linhas: 40 Palavras: 387)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network