http://www.fides.org

Africa

2003-11-28

ÁFRICA/ETIÓPIA-ERITRÉIA - SINAIS PREOCUPANTES NA ERITRÉIA, QUE INSISTE NA GUERRA E IGNORA A PAZ

Asmará (Agência Fides) – Causa certa preocupação a notícia, divulgada pelas Nações Unidas, de movimentos de tropas eritréias no oeste da fronteira entre Eritréia e Etiópia. A Eritréia comunicou à ONU que os próprios militares se posicionaram na região para ajudar as populações a completaram a colheita agrícola e com o objetivo de construir algumas obras de irrigação. Um porta-voz das Nações Unidas expressou a preocupação dos observadores internacionais encarregados de verificar o respeito da trégua entre Etiópia e Eritréia. “A situação política se encontra em um impasse. Por isso, estamos preocupados e a situação parece tensa. Muito mais tensa do que antes.”
Etiópia e Eritréia dividem uma fronteira de cerca de 1000 km. A disputa de terras foi o motivo pelo qual os dois países combateram entre 1998 e 2000, uma guerra que provocou pelo menos 100 mil mortos. Com base nos acordos de Argel, assinados em 30 de maio de 2000, os dois países interromperam as hostilidades e confiaram a uma Comissão internacional a resolução das disputas de terra e da demarcação de fronteiras entre os dois Estados. Para observar o cessar-fogo entre os dois países, as Nações Unidas criaram uma força militar denominada UNMEE (Missão das Nações Unidas na Etiópia e Eritréia), composta por 4.200 militares provenientes de 44 países de todo o mundo. (L.M.) (Agência Fides 28/11/2003 Linhas 20 Palavras 237)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network