http://www.fides.org

Asia

2003-11-27

ÁSIA/TERRA SANTA - O PEREGRINO CONSTRÓI PONTES ENTRE OS CRISTÃOS DO ORIENTE E DO OCIDENTE – EM AUMENTO AS VISITAS À TERRA SANTA PARA O NATAL 2003 E O PRÓXIMO ANO

Cidade do Vaticano (Agência Fides) – A peregrinação é um modo para responder ao apelo do Santo Padre, pronunciado no Angelus de 16 de novembro passado: “A Terra Santa precisa de pontes, não de muros”. A peregrinação constitui a ponte da solidariedade e do testemunho, serve de ponte ainda entre as comunidades cristãs no Ocidente e aquelas que sofrem com a pobreza e a guerra no Oriente Médio. Por isso, é urgente voltar para a Terra Santa: no período de Natal nota-se uma retomada do interesse e da coragem dos fiéis de todo o mundo para visitar Jerusalém.
Esses são os dados que os freis franciscanos da Custódia da Terra Santa informaram à Agência Fides, pois eles controlam a presença dos peregrinos no local onde Jesus nasceu. O Departamento de Peregrinações da Custódia registrou um incremento das reservas e está organizando as viagens de diversos grupo italianos para o mês de dezembro.
Quem também está trabalhando para a volta dos peregrinos à Terra Santa é a Obra Romana de Peregrinações que, segundo informações fornecidas à Agência Fides, renova o seu empenho “para que todos os peregrinos sejam autênticas sentinelas de paz no mundo, em particular na Terra Santa. Trabalhamos para abater os muros de ódio, das divisões, para propor pontos de diálogo, de encontro, de confronto, de solidariedade, de amor e de paz”.
Em 2003, foi reservada particular atenção para a Terra Santa enquanto “é preciso responder ao grito que vem da Terra onde nasceu Jesus. Dizemos aos fiéis: ajudem-nos a ter coragem com a corajosa presença de vocês! Este é o momento da autêntica peregrinação da solidariedade, do testemunho e da paz”.
Ao contrário do que mostram os meios de comunicação, é possível voltar para a Terra Santa, porque as condições de segurança são maiores: os peregrinos que voltaram das últimas viagens contam do calor e do afeto que recebem das comunidades cristãs locais, e dos momentos de absoluta tranquilidade, oração e de forte espiritualidade que viveram.
A Obra Romana, que em 2003 guiou mais de mil peregrinos na Terra Santa, programou numerosas viagens para os meses de dezembro e janeiro, enquanto todas as dioceses italianas foram encorajas pela Conferência Episcopal para que organizem peregrinações em 2004.
Também o Conselho das Conferências Episcopais da Europa (Ccee), que se reuniu em outubro passado na Lituânia, destacou a dramática situação da Terra Santa, renovando a solidariedade para com as Igrejas cristãs no Oriente Médio e exortou os fiéis da Europa a visitarem a Terra Santa.
Entre as iniciativas especiais previstas para o Natal 2003, destaca-se a peregrinação do World Youth Orchestra, orquestra juvenil formada pelos melhores alunos de música de todo o munso que, com o patrocínio do UNICEF e da Custódia da Terra Santa, irá até Jerusalém para um concerto pela paz, lançando uma mensagem de diálogo e harmonia entre os povos.
(PA) (Agência Fides 27/11/2003 Linhas 47 Palavras 516)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network