http://www.fides.org

Asia

2003-11-26

ÁSIA/FILIPINAS - “O PERDÃO, CAMINHO PARA A PAZ: POLÍTICOS, MILITARES E GUERRILHEIROS PEÇAM PERDÃO UNS AOS OUTROS PELO BEM DA POPULAÇÃO – APELO DO ARCEBISPO FERNANDO CAPALLA POR OCASIÃO DA SEMANA DA PAZ NO SUL DAS FILIPINAS

Davao (Agência Fides) – Dom Fernando Capalla, Arcebispo de Davao e Presidente da Conferência Episcopal das Filipinas, lançou um apelo às partes envolvidas no conflito de Mindanao para que admitam publicamente os próprios erros e peçam perdão recíproco. O apelo foi lançado por ocasião da “Mindanao week of Peace”, semana com numerosas iniciativas pela paz que começa no dia 27 de novembro e se conclui no dia 3 de dezembro na Ilha de Mindanao, nos Sul das Filipinas. Na Ilha, há anos atua uma guerrilha separatista muçulmana que, depois do 11 de setembro, encontrou um novo ímpeto, enquanto o governo e o principal grupo rebelde, Moro Islamic Liberation Front (MILF), tentar retomar as negociações de paz.
Recordando o processo de paz na África do Sul, que obteve sucesso graças à criação de uma Comissão de Verdade e Reconciliação, o Arcebispo Capalla disse: “Sem um pedido de perdão recíproco, nenhum acordo de trégua poderá curar as feridas do sanguinoso conflito em Mindanao. Um primeiro passo poderia ser o pedido público de perdão durante um momento de oração, que poderia ser o Ato Penitencial de uma Santa Missa”.
A semana da Paz em Mindanao – que recebe o apoio do governo de Manila, e para a ocasião anunciou alguns projetos de desenvolvimento para a região e estipulou um cessar-fogo com os rebeldes do MILF – inaugura-se no dia 27 de novembro na cidade de Davao, sobre o tema “Sarar através do perdão: chave para um desenvolvimento integral”. Na parte da manhã, grupos de cristãos, muçulmanos e lumads (da etnia local) vão se unir em uma marcha pela paz.
Estão previstas ainda peregrinações, marchas, encontros, cortejos em bicicletas, seminários de formação e concertos nas principais cidade de Mindanao (Davao, Zamboanga, Cotabato, Cagayan de Oro, General Santos) e em numerosos vilarejos. Participam das iniciativas programadas durante a Semana, que se realiza há cinco anos, líderes religiosos e políticos, intelectuais e agentes sociais de diferentes grupos étnicos, religiosos, políticos, de associações e organizações não-governamentais. O evento é um importante momento de sensibilização coletiva do povo de Mindanao, para que trabalhe com urgência pela paz no sul das Filipinas.
Entre os organizadores da Semana, está o Bishop Ulama Conference, organismo que reúne os líderes religiosos cristãos e muçulmanos para a reconciliação e paz nas Filipinas. Em comunicado divulgado para a ocasião, o BUC, que entre os representantes católicos figura Dom Capalla, afirma: “Acreditamos que uma paz duradoura requeira mais do que um acordo político ou projetos de desenvolvimento. Requer uma regeneração social, que pode acontecer somente com a introdução de um fator radicalmente novo: o perdão”.
(PA) (Agência Fides 26/11/2003 Linhas 46 Palavras 476)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network