http://www.fides.org

Vaticano

2003-05-21

VATICANO - O PAPA PEDE AOS BISPOS ITALIANOS UM FORTE ESFORÇO PARA A NOVA EVANGELIZAÇÃO E A TRANSMISSÃO DA FÉ ÀS NOVAS GERAÇÕES

Cidade do Vaticano (Agência Fides) – “ A formação do cristão e a transmissão da fé às novas gerações têm uma importância decisiva, e tornam-se mais importante no atual contexto social e cultural , no qual muitos fatores concorrem para tornar mais difíceis, e por assim dizer “contra a corrente”, o empenho para tornarem-se autênticos discípulos do Senhor, enquanto que a velocidade e a profundidade das mudanças fazem crescer a distância e as vezes quase a incomunicabilidade entre as gerações”. Assim afirmou o Santo Padre João Paulo II recebendo em audiência, terça-feira, 20 de maio, aos participantes da 51ª Assembléia Geral da Conferência Episcopal Italiana (Cei).
Recordando que o tema dos trabalhos da Assembléia e a iniciação cristã, o papa destacou que “em uma situação que requer um forte empenho de nova evangelização, os mesmos itinerários de iniciação cristã devem dar um amplo espaço ao anúncio da fé e propõe as motivações fundamentais, em modo proporcional à idade e à preparação das pessoas. É muito importante iniciar rapidamente a educação cristã das crianças, em modo que esta seja assimilada nos primeiros anos: as famílias sejam conscientizadas por esta sua nobre missão e ajudadas a cumpri-la, também integrando as suas eventuais carências. nenhuma criança batizada, de fato, deve ser privada do alimento que faz crescer o germe nele colocado desde o Batismo”.
O Papa também evidenciou os demais temas examinados pela assembléia da Cei: a família, importante “para a saúde moral e social da nação”, a reforma do sistema escolar italiano e as novas perspectivas que se abrem para o ensino da religião católica. João Paulo II expressou uma “especial proximidade a todas as pessoas e as famílias que estão privadas de seu trabalho e em condições difíceis” e lembram o 40º aniversário da Encíclica Pacem in terris citou a terra Santa “entre as muitas regiões do mundo, privadas do fundamental bem da paz há muito tempo”.(S.L (Agência Fides 21/5/2003 – linhas: 26; palavras: 356)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network