http://www.fides.org

America

2003-11-12

AMÉRICA/BRASIL - A IGREJA NO BRASIL INVESTE NA EVANGELIZAÇÃO DOS CATÓLICOS NÃO PRATICANTES: “NÃO PODEMOS NOS CONTENTAR COM OS QUE JÁ FREQÜENTAM NOSSAS COMUNIDADES: SE PERDEMOS A DIMENSÃO MISSIONÁRIA CONCRETA E EFETIVA, A IGREJA VAI SE EMPOBRECENDO E PERDENDO VITALIDADE”.

Brasília (Agência Fides) -Um Novo Plano de Evangelização Nacional foi elaborado pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB). Nesta a Igreja investe na Evangelização dos católicos não praticantes e no fortalecimento da ação missionárias dos leigos.
O lançamento do Novo Plano ocorreu na sede da CNBB em Brasília, no último dia 29 de Outubro. Em relação aos planos anteriores, o novo plano reforça a necessidade de uma ação pastoral missionária de anúncio explícito da mensagem central dos ensinamentos de Cristo e da Igreja Católica, promovendo um encontro com a pessoa de Jesus . “...a doutrina, a proposta moral e a orientação da vida inteira “no caminho” de Jesus decorrem desse encontro e da aceitação da pessoas de Jesus, como o Enviado de Deus, cheio do Espírito Santo”, para a vida do mundo”, explicou Dom Odilo Scherer, Secretário Geral da CNBB e bispo auxiliar da Arquidiocese de São Paulo. Em outras palavras, significa dizer antes de propor o ensinamento moral e social da Igreja e até mesmo, uma ação social em favor dos mais pobres, é preciso suscitar a fé em Cristo. Dom Odilo explica que o novo projeto não deixará de lado a preocupação social tão características da Igreja no Brasil para concentrar-se sobre sua vida interna, mas que é preciso “propor, de maneira renovada, os fundamentos e os motivos evangélicos desta atuação cristã na sociedade, para que nela apareçam sempre mais os sinais do reino de Deus, que é vida plena para todas as pessoas”.
O Novo Plano de Evangelização Nacional da Igreja Católico no Brasil foi elaborado pela Comissão Episcopal Pastoral , com base nas Diretrizes da Ação Evangelizadora da Igreja no Brasil (2003-2003) aprovadas em Maio passado, durante a Assembléia Geral da Conferência Epsicopal. Intitulado “Queremos ver Jesus Caminho, Verdade e Vida, começará a ser implantado em todos as dioceses brasileiras a partir da Páscoa de 2004.
“No Brasil temos várias situações que desafiam fortemente a missão evangelizadora da Igreja: a experiência da fé e da vida eclesial pouco profunda deixa os batizados com uma identidade cristã e católica muito fraca e com um escasso sentido de pertença à Igreja; e disso decorre, entre outras coisas, o escasso impulso missionário e o empenho cristão na transformação da sociedade não suficientemente assumido; decorre também o fácil abandono da Fé ou a busca, em outras partes, de respostas às profundas interrogações existenciais e religiosas, desconhecendo e deixando de procurá-las na própria comunidade católica. É necessária uma ação missionária mais incisiva, organizada e constante...”- afirma Dom Odilo Scheid – “não podemos nos contentar com os que já freqüentam nossas comunidades: se perdemos a dimensão missionária concreta e efetiva, a Igreja vai se empobrecendo e perdendo vitalidade”.
Segundo estimativa do Departamento de Teologia da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC/SP), em 2.000 o número de Católicos no Brasil é 117 milhões (cerca de 71% da população), sendo que a maior parte não praticantes. Em 1991, o percentual oficial de católicos era de 83% segundo dos dados do Censo do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), o que representa uma diminuição de 12% em 10 anos. Calcula-se que 600 mil pessoas , no Brasil, abandonam o catolicismo todos os anos, uma grande parte imigrando para seitas evangélicas locais.
(M.R) (Agência Fides 12/11/2003; linhas: 45; palavras: 582)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network