http://www.fides.org

Asia

2003-11-12

ÁSIA/ÍNDIA - MAIS DE 1300 JESUÍTAS NO FÓRUM SOCIAL MUNDIAL EM JANEIRO, EM BOMBAIM, PARA DISCUTIR GLOBALIZAÇÃO E EXCLUSÃO, PERMANECENDO AO LADO DOS MAIS POBRES

Bombaim (Agência Fides) – Mais de 1.300 jesuítas de todo o mundo vão participar do 4° Fórum Social Mundial (WSF) que será realizado em Bombaim de 16 a 21 de janeiro de 2004, segundo comunicado à Agência Fides do padre Joe Xavier, jesuíta responsável pela organização local.
O WSF é o maior encontro mundial que reflete sobre os problemas e os desafios da globalização e sobre seu impacto em nível social no mundo. Para o Fórum de Bombaim, segundo os organizadores, são aguardados mais de 100 mil participantes de todo o mundo, que vão discutir as estratégias para construir um mundo mais justo. Os seis dias do Fórum prevêem encontros públicos, seminários, debates sobre temas da globalização, paz, violência étnica e religiosa, racismo, discriminação de casta ou sexual e exclusão social.
“Aquilo que vai distinguir os participantes jesuítas – explicou para a Fides pe. Joe Xavier – é que eles estarão da parte dos mais pobres e excluídos. Com a aprovação do padre Lisbert D’Suuza, Presidente da Conferência dos Jesuítas da Ásia do Sul, os religiosos participantes do WSF serão provenientes dos cinco continentes, todos empenhados em diversos níveis sociais.”
Os jesuítas indianos vão levar os principais problemas e desafios de cada Estado: de Gujarat, as questões do fundamentalismo e da secularização; de Tamil Nadu e Bihar, a questão dos intocáveis e dos sem casta; de Délhi, os desafios da migração, a economia e o comércio. Os delegados da Europa, América Latina, Estados Unidos, Ásia e Austrália vão contribuir com as dimensões internacionais desses problemas.
(PA) (Agência Fides 12/11/2003 linhas 28 palavras 266)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network