http://www.fides.org

Ciência e Medicina

2003-10-30

EUROPA/ITÁLIA - “AJUDEM-NOS A AJUDAR OS POBRES E OS DOENTES AFRICANOS”, AFIRMA IR. LEOPOLD GNAMI, CONSELHEIRO DOS IRMÃOS S. JOÃO DE DEUS PARA A PROVÍNCIA AFRICANA

Roma (Agência Fides) - “As estruturas sanitárias presentes na África não recebem contribuições por parte das instituições e devem muitas vezes enfrentar com grandes dificuldades econômicas as necessidades primárias de um povo, para o qual a pobreza e a miséria estão na ordem do dia”, declara Ir. Leopold Gnami, que se encontra nesses dias em Roma para o Congresso dos Ecônomos Provinciais da Ordem, em curso na Cúria Geral.
O objetivo do encontro, que pela primeira vez reúne os ecônomos provinciais do mundo, é compartilhar a análise das transformações econômicas que têm maior impacto no testemunho do carisma da Ordem e de individuar orientações capazes de oferecer uma resposta adequada ao desafio de hoje.
A Ordem está se confrontando com as temáticas da atual realidade econômica mundial, procurando um ponto de encontro, uma linha geral para testemunhar o próprio carisma com coerência e assiduidade, apesar das diversas situações econômicas dos países do mundo, nos quais os Irmãos S. João de Deus estão presentes com 296 estruturas. A Ordem mantém centros hospitalares e estruturas e institutos para anciãos, portadores de deficiências, centros de reabilitação psiquiátrica e serviços sanitários sócio-assistenciais distribuídos em 47 países.
Os Irmãos estão presentes na África em 18 países (Benin, Camarões, Gana, Quênia, Libéria, Malauí, Ilhas Maurício, Moçambique, Senegal, Serra Leoa, Togo, Zâmbia) com diversas estruturas sanitárias, organizadas e financiadas pelos fundos missionários recolhidos pela Ordem. Somente nos últimos tempos a situação começou a melhorar com o reconhecimento do Hopital Saint Jean de Die de Afagnan (Togo) como hospital geral da região, e a partir de uma convenção estipulada entre a estrutura hospitalar de Tanguietà (Benin) e a Universidade local para a formação de especialistas. (AP) (30/10/2003 Agência Fides; Linhas:25 Palavras:286)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network