http://www.fides.org

Especial

2005-11-30

VATICANO - A Aids e as crianças: a cada minuto, uma criança é contagiada

Roma (Agência Fides) - Os dados são terrificantes: a cada minuto, uma criança morre por doenças relacionadas e uma criança é contagiada pela Aids; a cada minuto, quatro jovens entre os 15 e os 24 anos se tornam soropositivos, na maioria moças.
Em 2004, a Aids provocou a morte de 3 milhões de pessoas, uma a cada seis (510 mil) tinha menos de 15 anos; 90% dos novos casos de contágio por Hiv entre as crianças acontece na África subsaariana, mas o número das infecções está aumentando também em outros lugares, principalmente na Ásia; a maior parte das crianças soropositivas abaixo dos 15 anos contrai o vírus da mãe e os mais pequenos, sem cuidados adequados, morrerão antes de completar o segundo ano de vida. Todavia, as mulheres grávidas que têm acesso aos tratamentos necessários para não transmitir o Hiv aos próprios filhos são menos de 10% mas, sem intervenções de prevenção, quase 1/3 das crianças nascidas de mulheres soropositivas é destinada a contrair o vírus durante a gravidez, o parto ou a amamentação no seio. Um medicamento muito difundido, o cotrimoxazol, pode reduzir as mortes infantis devido à AIDS quase pela metade. O remédio custa três centavos de dólar para uma dose diária. Porém, somente 1% das crianças que necessitam (cerca de 4 milhões) consegue usufruir do medicamento, cuja eficácia já foi provada. As crianças abaixo dos 15 anos que necessitam dos tratamentos antiretrovirais são quase 660.000, mas somente 5% usufrui; até 2010, somente na África subsaariana, as crianças que terão perdido ao menos um genitor por causa da Aids serão mais de 18 milhões. (AP) (30/11/2005 Agência Fides)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network