AMÉRICA/PERU - Centenas de milhares de vítimas causadas pelo El Niño costeiro

Terça, 23 Maio 2017

Internet

Lima (Agência Fides) – O balanço geral das últimas inundações e dos deslizamentos que se verificaram no Peru chegou a 145 mortos, 18 desaparecidos, 438 feridos, mais de 235 mil vítimas e mais de um milhão de pessoas atingidas. As cifras estão contidas no recente relatório divulgado pelo Centro para as Operações de Emergência Nacional (COEN), comunicado a Fides. O impacto climático causou também a destruição de mais de 25 mil casas, outras 23 mil estão inabitáveis e 260 mil imóveis foram danificados com menor intensidade. As inundações destruíram também 79 escolas e 25 centros de saúde, atingiram as estruturas de mais de 2.600 escolas e 840 estruturas de saúde.
Em decorrência dos eventos naturais, foram destruídos quatro mil quilômetros de estradas e 420 pontes, embora a maior parte tenha sido reconstruída ou reparada, cerca de 30 mil hectares de plantação ficaram destruídos. O maior número de vítimas foi registrado na costa norte do país, onde nas regiões de Piura, Lambayeque, La Libertad e Áncash foram contabilizados 66 mortos, oito desaparecidos, 218 feridos, cerca de 200 mil vítimas e quase 730 mil atingidos.
A região mais atingida é Piura, na fronteira com o Equador, onde se contam mais de 80 mil vítimas, 360 mil pessoas atingidas, 5.700 casas destruídas e mais de 5.800 inabitáveis. As inundações desencadeadas pelo fenômeno atípico do "El Niño costero", que se verifica quando o aquecimento das águas ao largo da costa peruana geram chuvas intensas e incomuns na costa desértica do país, transformando-se em inundações e deslizamentos, conhecidas no Peru com o termo quechua huaicos.
Nas últimas semanas, as chuvas se tornaram esporádicas e o nível dos rios desceu, e agora a preocupação das autoridades é enfrentar as nevadas que se registram nos Andes peruanos, com temperaturas mínimas noturnas próximas aos 20 graus Celsius negativos.
(AP) (23/5/2017 Agência Fides)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network