AMÉRICA/PANAMÁ - Fórum inter-religioso: proteger as crianças da violência e da exploração

Quarta, 10 Maio 2017

Internet

Cidade do Panamá (Agência Fides) – Cerca de 430 líderes das principais religiões do mundo e 60 crianças provenientes de cerca de 70 países, junto a representantes de organismos internacionais, se reuniram em Cidade do Panamá para estudar as ações a serem empreendidas para eliminar qualquer tipo de violência contra a infância. Trata-se do V Fórum Mundial da Rede Global das Religiões em favor da Infância (GNRC), que foi inaugurado em 9 de maio pelo bispo episcopaliano panamense Julio Murray. A finalidade do Fórum, organizado pela ong Arigatou International, é construir um mundo melhor para os meninas e meninas e desarraigar as várias formas de violência perpetradas contra eles, se lê na nota enviada à Agência Fides.
“Proteger as crianças do extremismo violento, da violência dos grupos armados e do crime organizado; cultivar a espiritualidade e acabar com a violência, a exploração e os abusos sexuais contra os menores” são pontos fundamentais deste encontro, se lê numa mensagem enviada pelo presidente de Arigatou, reverendo Keishi Miyamoto. Por sua vez, o sacerdote católico chileno pe. Sidney Fones, responsável pelo Comitê Organizador do Fórum, destacou que “é preciso entender que todas as pessoas devem garantir que a paz prevaleça e que as crianças estejam seguras”. “A nossa esperança é que as ideias e os resultados deste encontro gerem ações práticas e frutíferas para proteger os menores”, acrescentou.
Antes do encontro principal, 60 crianças e jovens de 13 países participaram do pré-fórum, no qual prepararam suas recomendações a serem apresentadas no encontro inter-religioso. Na conclusão do evento, em 11 de maio, os participantes assinarão uma declaração com a qual se empenharão em trabalhar todos juntos para construir um mundo livre da violência contra a infância. Nas edições passadas, o encontro religioso se realizou em Tóquio, Genebra, Hiroshima e Dar es-Salam. A GNRC, fundada em 2000, compreende membros das grandes religiões do mundo, como o Judaísmo, o Islamismo, o Cristianismo e o Budismo, que realizam programas regionais e locais com a finalidade de melhorar a vida das crianças na América Latina, África, Europa, sul da Ásia, Caribe e Oriente Médio.
(AP) (10/5/2017 Agência Fides)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network