AMÉRICA/VENEZUELA - “Querem impor uma ditadura mascarada de democracia”, adverte Dom Lückert

Terça, 9 Maio 2017 política   democracia   violência   bispos  
Protestos em Caracas

Protestos em Caracas

Coro (Agência Fides) - Monsenhor Roberto Lückert, Arcebispo emérito da Arquidiocese de Coro (Venezuela), acredita que o país possa encontrar a paz se houver eleições para governadores e prefeitos. Isso poderia reduzir a tensão e deter a repressão e a violência que eclodiu nos últimos dias, como resultado das decisões da Câmara do Tribunal Supremo de Justiça (TSJ) que limitam a imunidade constitucional e privam a Assembleia Nacional (AN) de seus poderes. As eleições, que, segundo o Conselho Nacional Eleitoral (CNE) deveriam ser realizadas este ano depois do adiamento do ano passado, poderia levar a um diálogo construtivo entre o presidente Nicolás Maduro e vários setores da oposição, relata o Arcebispo. “Penso que o governo não possa mais suportar a pressão da praça com as manifestações”, acrescentou. Com as decisões do TSJ, o governo quer conduzir o país para uma ditadura: “Isto é o que querem impor aqui, uma ditadura mascarada de democrática”, disse Dom Lückert numa entrevista publicada ontem pelo jornal “La Verdad” e enviada a Fides. “É escandaloso a quantidade de gás lacrimogêneo que está usando o governo para reprimir os protestos”, disse ainda Dom Roberto Lückert, mas não serão capaz de detê-los. As pessoas estão cansadas. O povo por 18 longos anos vê que cada dia é pior, e agora há a angústia, porque não há comida, nem mesmo segurança e, é claro, as pessoas não querem isso, então protestam para buscar uma saída para esta crise”. (CE) (Agência Fides, 09/05/2017


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network