ÁFRICA/TANZÂNIA - “A perda de valores morais ameaça a nossa existência comum”, denuncia o Bispo de Moshi

Sábado, 22 Abril 2017 violência  

Dar es Salaam (Agência Fides)- “A população vive no medo constante de ser sequestrada ou molestada sexualmente, especialmente as mulheres que temem ser violentadas. Oito policiais foram assassinados recentemente enquanto voltavam do trabalho. E é triste notar que alguém festejou essas mortes”, denunciou Dom Isaac Amani Massawe, Bispo de Moshi (Tanzânia), na sua homilia da Missa de Páscoa.
“Trata-se de sinais da falta de amor entre a população do país. Nos nossos pensamentos, há coisas que ameaçam a paz e a unidade”, advertiu o Bispo. “Os crimes nascem nas nossas mentes e, no fim, são praticados.”
Dom Amani Massawe destacou a perda dos valores morais na sociedade como causa desta situação, recordando em especial as superstições, o abuso de álcool e drogas, a perda do sentido da vida, que leva as pessoas a se interessarem por atividades fúteis. Os atos mais perigosos são o tráfico de seres humanos e as violências sexuais, “que estão levando a nação para as trevas. Trata-se de atos vergonhosos que são associados com a globalização, o alcoolismo e a superstição”, concluiu. (L.M.) (Agência Fides 22/4/2017)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network