ÁFRICA/UGANDA - Stop à caça de Kony: os militares ugandenses concluem a missão na República Centro-Africana contra o líder do LRA

Quinta, 20 Abril 2017 grupos armados  

Kampala (Agência Fides) - O Exército ugandense concluiu a operação de captura de Joseph Kony, chefe do LRA (Exército de Resistência do Senhor), movimento de guerrilha criado no norte de Uganda que há anos age em algumas partes do Sudão do Sul, República Democrática do Congo e República Centro-Africana.
Os militares ugandenses estão se retirando deste último país depois que os militares estadunidenses que participam da caça a Kony foram também repatriados.
Segundo um porta-voz militar ugandense, Kony permaneceu somente com 100 combatentes e é “fraco e ineficaz”. Não constitui há vários anos uma ameaça significativa para a segurança de Uganda e no norte de Uganda em particular”. Em 2013, a ONU estimou que o LRA matou mais de 100 mil pessoas e sequestrou mais de 60 mil em 25 anos de atividade. (LM.) (Agência Fides 20/4/2017)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network