AMÉRICA/PARAGUAI - Bispo de Caacupé sobre a situação: “As autoridades que nos governam são os verdadeiros responsáveis”

Terça, 4 Abril 2017

Twitter

Parlamento do Paraguai

Caacupé (Agência Fides) – O Bispo da diocese de Caacupé, Dom Claudio Giménez Medina, afirmou que “muitos são culpados pelo que aconteceu: normalmente aqueles que exercem certa autoridade, mas de modo especial, são aqueles que governam o país, os vários poderes do governo: executivo, legislativo e judiciário”. Dom Giménez emitiu as declarações no final da missa celebrada domingo passado, 2 de abril, na basílica de Caacupé, diante de muitos fiéis.
“A meu ver – disse – são eles os primeiros responsáveis por orientar o povo no caminho da justiça. Não há dúvidas. Os partidos políticos também são responsáveis, particularmente aqueles que querem violar a Constituição. Os respectivos líderes destes partidos, que não ouviram as preocupações de nosso povo e especificamente, a voz da Igreja católica, que muitas vezes declarou que a Constituição e as leis devem ser respeitadas. A sede de poder a todo custo e a incoerência foram mais alto”.
“Reitero – concluiu o Bispo – que os três ramos do governo são responsáveis por esta situação; não queremos dar esta responsabilidade a outros. As autoridades que nos governam são os verdadeiros responsáveis, não há dúvidas”.
A nota enviada à Fides por uma fonte local ressalta que a missa seria transmitida pela televisão (Canal 9) em todo o país, mas no momento da homilia do Bispo, a transmissão foi interrompida e recomeçou mais tarde. A tensão permanece alta no país; o ministro do Interior e o chefe da polícia foram destituídos depois da prisão de quatro agentes acusados da morte de um manifestante de 25 anos, durante protestos contra o "golpe de estado parlamentar", a reforma constitucional que abre o caminho para a reeleição do atual Presidente Horactio Cartes (veja Fides 29/03/2017).
(CE) (Agência Fides, 04/04/2017)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network