AMÉRICA/EQUADOR - Lenín Moreno vence as eleições. A oposição contesta a contagem dos votos

Segunda, 3 Abril 2017

Lenín Moreno vence as eleições. A oposição contesta a contagem dos votos

Quito (Agência Fides) – O candidato de Rafael Correa (atual presidente do Equador), Lenín Moreno, foi proclamado vencedor das eleições de domingo, 2 de abril, em meio a acusações de fraudes por parte da oposição. Com cerca de 97% dos votos já contados, o ex-vice presidente prevalece com mais de dois pontos percentuais em relação ao líder da oposição, o banqueiro Guillermo Lasso. Inicialmente, no fechamento das seções eleitorais, e sustentados pelas sondagens eleitorais, os dois candidatos afirmavam ser vencedores. Os primeiros dados do Conselho Nacional Eleitoral (CNE) apontam Moreno com 51% em relação aos 49% de Lasso, que já solicitou a recontagem dos votos.
A Igreja católica, por meio da Conferência Episcopal, convidou todos, há poucos dias, a votar: “Os leigos católicos, membros ou não dos diferentes partidos e movimentos políticos, têm o dever moral de discernir se o pensamento ou as propostas dos candidatos são compatíveis com os princípios da fé e da moral da vida cristã. Por este motivo, devem avaliar se suas propostas são coerentes ou não com os princípios morais da própria natureza humana e presentes em todas as dimensões, pessoais e sociais”, consta no comunicado enviado à Fides às vésperas da fase final de voto.
(CE) (Agência Fides, 03/04/2017)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network